Sexta-feira, 12.12.08

Quanto é nosso, quanto é o do mundo?

  Tudo aquilo que fazemos e publicamos, qualquer que seja o formato, continu a ser apenas nosso? Não será também um parte daqueles que lêem, vêem, etc.?

  Penso que não. Cada um sabe o que faz e, sobretudo, sabe o que deve ou não tornar publico. É pecado querer esconder algo apenas para nós, ou para as pessoas mais próximas? Não. Mas quando publicamos e depois arrependemo-nos, devemos parar? Não, já criamos essa responsabilidade, logo temos de arcar com ela.

  Esta é a razão da minha reserva. E não só.

  Sou prudente e guardo para mim o que é-me mais precioso, mesmo quando aquilo que mais quero e noticiá-lo ao mundo. Estarei a agrir correctamente?

sinto-me: bem, é sexta-feira!
tags:
publicado por Rita Matias às 20:48 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Domingo, 07.12.08

Confusão

  É a única conclusão a que eu consigo chegar sobre o meu actual estado mental. Já não sei bem no que acredito, no que quero, nem qual é o passo seguinte.

  Andei o dia toda com a cabeça zonza da constipação, talvez seja esta a causa, mas não creio. Cheguei a um ponto em que questiono tudo aquilo que tinha decido até aqui, em que pergunto.me se vale a pena continuar, e se sobretudo o que eu faço vale alguma coisa. Depois ouço opiniões de diferentes pessoas e isto baralha-se ainda mais.

  Estou desiludida com o mundo, principalmente com ele e em parte comigo. Sinto que tudo aquilo em que acredito é um verdadeiro disparate, o que faz de mim uma disparatada, uma tonta ingénua - tudo aquilo que eu mais receio ser.

  Perco a noção da minha fé e agarro-me ao que é concreto - às minhas promessas. Elas guia-me de momento, e através delas sei o que tenho a fazer. Resta é reencontrar as minha crenças pelo caminho....

sinto-me: sem rumo
tags:
publicado por Rita Matias às 22:29 | link do post | comentar
Domingo, 30.11.08

Realidade

  Já há muito tempo que aqui não vinha. Umas vezes por desleixo, outras por falta de assunto, e ainda outras por julgar inútil. Por vezes esqueço-me da minha melhor terapia, escrever tudo o que vai na minha alma, e sofro em silêncio.

  Sexta trouxe boas e más noticias. De manhã tive o desgosto de ver uma das pessoas mais importantes na minha vida banhada em lágrimas, e eu sem nada em que pudesse ajudar. Ela não queria desabafar, eu respeitei, mas não deixei de sofrer por isso. Ainda estou preocupada, mas não quero forçar ninguém a fazer algo que não quer. Assim retraio a minha curiosidade e calo-me.

  À noite recebi uma óptima notícia. Outra das pessoas mais importantes na minha vida está simplesmente radiante. Acaba de ficar "comprometida" e felicidade é uma palavra demasiado genérica para o seu estado de graça. Fiquei feliz, mas apenas por momentos.

 

  Há alturas na vida em que a felicidade dos outros apenas nos mostra a nossa infelicidade, apenas nos faz ver aquilo que somos na realidade. Sexta à noite foi assim. Chorei, irritei-me com o mundo, e recompus-me. De nada vale ficar à espera da sorte grande, de nada vale ter fé no destino, se não aproveitamos o momento. E quando consegui voltar a pensar assim, a paz retornou ao meu espírito.

  Talvez seja a neve da serra, ou o frio do meu quarto, mas eu tenho uma fogueira apagada dentro de mim. Confesso que me sinto só mesmo quando estou acompanhada. Vergonha? Já a perdi à muito...

 

  E no fim, o que resta? A realidade. Essa sim é cruel, não a vida. 

publicado por Rita Matias às 20:30 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Sábado, 02.08.08

O sonho comanda a vida...

  Já dizia o poeta.

 

 

 

 

  Mas e quando não há sonho, como comandamos a nossa vida?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Não sei, esse é o meu problema.

sinto-me: desorientada de todo
tags: ,
publicado por Rita Matias às 19:37 | link do post | comentar
Terça-feira, 29.07.08

Relatório anual

Recentemente completei mais um ano de vida.

 

A Rititi já tem 17 anos...

 

 

 

Conclusões:

  1. Tou mais velha, mas continuou fisicamente a mesma. Talvez um pouco mais pesada, mesma altura, mesma tromba!
  2. Cresci! Psicologicamente falando. Nete ano aprendi muito sobre a vida, e sobretudo sobre mim.
  3. Não consegui realizar ainda nada do que tinha proposto a realizar à um ano atrás, o que me leva a uma as conclusões que cheguei sobre a minha pessoa: não consigo cumprir as promessas que faço a mim mesmo...

Resultado:

 

Tá tudo na mesma, embora me sinta muito bem comigo própria nesnte momento da minha vida. Percebi que cometi vários erros durante os anos que passaram, agora só resta tentar não repeti-los.

 

 

...

 

 

Pró ano há mais...

publicado por Rita Matias às 22:24 | link do post | comentar
Quarta-feira, 12.03.08

Já lá vai demasiado tempo...

  Sim! Há demasiado tempo que não venho ao meu blog, e quanta falta por vezes isto me faz!

  A vida nem me corre muito mal, alguns amuos, alguns imprevistos, mas vêm ai as férias, alias, para mim já começaram :D. Tenho uma visita de estudo de dois dias a Lisboa, amanhã e sexta, por isso estou de FÉRIAS!!! Mas não acaba por aqui a diversão... De sábado a quarta da próxima semana tenho um acampamento, o grande Gardunha! Vai ser dificil, mas decerto gratifcante.

  E pronto, tenho dito!

sinto-me: bem, porque será?
tags:
publicado por Rita Matias às 18:46 | link do post | comentar
Sábado, 19.01.08

Porque é que quando tudo corre bem vem sempre a seguir uma desgraça?

  Ainda não tinha tido oportunidade de postar sobre isto, mas desde o ínicio do ano que me sinto lindamente, ou melhor, sentia. Com isto das eleições da AE sentia-me viva, alegre, com objectivos, mas no entanto o final foi o que se viu, perdemos. Sexta acordei com uma má disposição fora do normal, talvez tivesse a presentir o final do dia. Uma coisa é certa, perdemos, mas perdemos injustamente. Podem dizer que o que eu digo é mentir, mas quando próprios elementos da mesa eleitoral presionam as pessoas a votar naquela ou noutra lista, para mim isso é crime, já para não falar de uma enorme falta de príncipios. Já para não falar de todos os outros elementos da lista, que rodeavam e intimidavam os eleitores. é verdade que podiamos ter apresentado queixa, no entanto não o fizemos por uma simples razão, não temos sede de poder, e preferimos ter um bom ambiente entre todods a denunciar uma injustiça. Renunciamos os nossos príncipios para não criar conflitos.

  No entanto isto só veio agravar o meu dia (sexta), que tinha começado logo mal, ao acordar. Não sei porque , sinti-me melancólica durante todo o dia, triste e abatida. Voltei a pensar em coisas nas quais por algum tempo me livrara de pensar, resumindo estava carrancuda...

  Mas a vida segue, e hoje até já estou um pouco mais bem disposta... Valha-nos isso!

sinto-me: a precisar de um abraço...
tags: ,
publicado por Rita Matias às 16:36 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 15.01.08

Que drama DRAMÁTICO!!!

  A minha vida anda um bocadinho preenchida. Para além da habitual rotina, amanhã tenho teste intermédio a Fisico-Química, já para não falar que esta semana são as eleiçoes da Associação de Estudantes, e eu faço parte da Lista N. Resumindo, ando com o tempo todo contadinho, e o facto de não ter internet não ajuda em nada, alias, só complica. Tenho-me desenrascado com o Espaço Internet cá de Oleiros, mas é complicado, pois tenho de ficar na vila e além do mais é só uma hora por dia. Isto tudo para dizer que tenho andado sem paciência, e sem tempo para postar...
sinto-me: não vejo a hora de ser férias
publicado por Rita Matias às 17:18 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 03.01.08

Ano Novo, Vida Nova?

  Passagem de ano, para mim é sinónimo de sentimento de renovação interior. é um sentimento bom, diga-se de passagem, mas não dura. Lá para o dia 2/3, isto se não for logo no dia 1, já me esqueci de tudo o que este sentimento de renovação me fez prometer a mim própria. Desejos que nunca cumpri por não lhes dar a devida atenção.

  Neste ano foi diferente, para além de não ter pedido se quer um desejo que fosse quando comi as minhas passas, também ainda não me esqueci da única coisa que me compremeti a fazer durante o ano que se segue! Não fou dizer o que é, porque se depois não cumprir, teria de prestar contas a alguém, e eu não quero. E a minha pessoa já está habituada a que eu não cumpra as minhas promessas! :D

  E agora, um pouco tarde mas não menos sentido, desejo-vos um ÓPTIMO ANO 2008!!!

sinto-me: renovada
tags: ,
publicado por Rita Matias às 18:17 | link do post | comentar
Quinta-feira, 13.12.07

: (

  Hoje descobri uma coisa, a pior coisa que se pode odiar e a nós próprios. Detestarmo-nos é horrível e doe como se farta!

  Penso no passado e não estou mesmo nada a ver como vai ser o futuro. Sonho conseguir tanto, mas a única coisa que preciso é de mim própria a funcionar correctamente, não como tem acontecido até agora. Sinto-me triste por não conseguir fazer aquilo que sei, que tenho capacidades de atingir, ou que com mais esforço talvez consiga. Sinto-me uma fraca... POr não conseguir, por não ter tentado, por deixar o tempo passar e não me esforçar, por não ter coragem... Por ser assim e não conseguir mudar.

sinto-me: com desprezo de mim própria
tags:
publicado por Rita Matias às 18:52 | link do post | comentar | ver comentários (3)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Abril 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

arquivos

subscrever feeds