Segunda-feira, 17.09.07

Hoje sinto-me bem...

  Porquê? Vou começar a explicar desde o inicio... À uns tempos atrás postei aqui a minha história com «ele» mas depois não me apeteceu relatar os acontecimentos seguintes. Agora venho-vos contar o que aconteceu entretanto.

  Depois disso continuamos a falar, eu tive o ACANAC e na festa falamos todos os dias, mas sempre por sms . No entanto eu sentia que já não gostava dele como dantes e disse-lhe . Ele ficou triste e tal e coisa mas continuamos a falar. Na segunda feira da festa, e último dia ele procurou-me no meio da multidão mas não me encontrou, mais tarde disse-me que queria encontrar-se cmg para me pedir em namoro. Mas isso nunca chegou a acontecer.

  O drama continuou a desenrolar-se, tudo na mesma. Até a este sábado , dia em que ele voltou-me a perguntar quando estaríamos juntos e finalmente arranjei coragem para dizer-lhe aquilo que tinha recentemente concluído . Disse-lhe que isto nunca iria dar, eu estudo ele já trabalha e além disso ia ser tudo muito complicado e eu não quero complicações, que iríamos ser sempre só amigos. Ele aceitou e concordou, no fundo foi uma decisão mútua. Fico feliz por ter sido assim, continuamos amigos e isso é que importa!

  Estou feliz, sinto-me bem e parece que estou a entrar numa nova fase da minha vida! Sinto-me mesmo bem comigo própria...

sinto-me: so nice!!!
tags: ,
publicado por Rita Matias às 18:25 | link do post | comentar
Terça-feira, 17.07.07

Tenho medo...

  Sim, ultimamente tenho pensado muito nele, é normal... Mas o pior é que tenho medo de apanhar outra desilusão. Não consigo perceber o que ele quer de mim e isso deixa-me inquieta. Sei que ninguém para além dele saberá o que ele quer de mim, mas é nestas situações que eu gostava de poder adivinhar o futuro. Eu só não quero é voltar a desiludir-me...

  Também sei que se me desiludisse, desta vez aprenderia pois já estou a ficar uma expert na matéria. Mas sobretudo tenho medo de nunca o esquecer, não quero ficar presa a alguém sendo tão nova. Eu nunca acreditei naquelas lamechices de adolescente apaixonada, que "a nossa paixão vai durar para sempre" , mas ultimamente tenho sentido que isto ainda pode durar, mas não é que eu queira que dure, pois eu ainda sou muito nova. Por isso tenho andado cheia de medo que esta doença não passe. Mas antes que passe, que tenha bons tempos...

sinto-me: confusa...
tags: ,
publicado por Rita Matias às 22:51 | link do post | comentar | ver comentários (5)

Eu e ele...

  Hoje apeteceu-me contar-vos a minha história com ele. Um tanto ou quanto dramática  certo, mas mesmo assim eu ainda gosto dele... Vão existir nesta história mais duas personagens, duas amigas minhas que denominarei de amiga X e amiga Y .

  Tudo começo no 7ºAno , no 1º período, ele acabara de entrar para a nossa turma e eu apaixonei-me. Não foi um amor à primeira vista, pois ele nem é assim grande coisa para a vista, apaixonei-me porque ele era meu amigo, ajudava-me. Contei à minha amiga X, pois esta era a minha melhor amiga, e ela confessou-me que também sentia um fraquinho por ele. Na altura não liguei muito, e esse foi um dos meus grandes erros. O tempo foi passando e nós continuávamos a dar-nos bem.

  No 8ºAno , eu e a minha amiga X começámos a falar mais com um amigo nosso, que também era amigo dele. Então eu contei-lhe que gostava dele... Outro erro. Ele contou ao rapaz de quem gosto e depois ele começou-se a afastar de mim. Fiquei super triste pois sou muito tímida e não consegui admitir nada, e ele mandava-me bocas do tipo :"Sua medricas... blá blá blá .

  Nas férias entre o 8º e 9º decidi finalmente admitir que gostava dele, mandei-lhe uma sms e depois no inicio do 9º tudo tinha voltado a ser como fora antes de ele saber que eu gostava dele...

  Aliás eu até senti que estávamos cada vez melhor até meados de Novembro, semana em que a minha amiga X disse-me que ainda gostava dele. Isto numa segunda feira, terça estávamos nos matrecos e ele olhou para mim, directamente nos olhos e eu não consegui estar ali, fui para a casa de banh e comecei a chorar. Quarta tive uma das piores consultas no nutricionista em todo o meu historial médico. Quinta, descubro que ele e a minha amiga X namoram, ele manda uma boca na aula de Geo por eu ter deixado de falar para a minha amiga e toda a turma começa a gozar. Sexta, falei com a minha amiga e decidi que se era o melhor para os dois, então que eles fossem felizes juntos. Continuei amiga dos dois e foi o melhor que podia ter feito.

  Mas aquilo não deu em nada e eles nunca chegaram a namorar devidamente. O tempo foi passando e no 2º período eu e ele estávamos a dar outra vez muito bem. Ele até perguntou se eu queria ir com ele na visita de estudo, mas eu como já tinha dito à minha amiga X que ia com ela, com muita pena recusei! Mas também, de qualquer maneira não chegou a haver visita de estudo...

  E nós continuamos a dar-nos bem, até que ele se foi embora, algum tempo antes no final das aulas. Foi tirar um curso para uma localidade aqui perto. :( Nas férias, ele até apareceu no meu aniversário, foi fixe eu gostei, mas não aconteceu nada de especial. Depois veio a festa daqui, e numa noite estivemos os três juntos a conversar, eu, ele e ela. Mais tarde ele mandou-me uma sms a perguntar o que eu faria se ele me pedisse em namoro, eu disse que aceitava e ele... NADA!!! Fiquei fula...

  Desde ai que não o tenho visto muito, uma vez ou duas, até a sexta feira passada. Era o jantar da turma do 9º Ano e estivemos lá os dois, ela e a minha amiga Y . Bem como nós tínhamos andado a falar muito ultimamente por sms , onde ele dizia que nós éramos muito novos para assumir uma relação, o clima era porreiro, mas nada de especial. Como já disse sou tímida... O pior foi quando no sábado falei com ele e vim a saber que a minha amiga X tinha o tentado beijar, enquanto a minha amiga Y me tinha dito para irmos à casa de banho. Ou seja, elas estavam as duas combinadas... BRRRRH !!!

  Agora vocês pensam, isso não são amigas... Sim eu sei, mas só abri os olhos muito tarde. No ano que agora terminou nós estivemos todas separadas, a distância acabou com o que restava da nossa amizade...

  E eu e ele? Tamos bem, ele até me perguntou porque é que não tinha sido eu a tentar beijá-lo em vez do outra... :) Ou seja, como ele me diz: "Nunca digas nunca"

sinto-me: in love...
tags: ,
publicado por Rita Matias às 14:39 | link do post | comentar | ver comentários (7)
Segunda-feira, 02.07.07

Desabafos do outro dia...

  Hoje apercebi-me de uma coisa. Pouco ou nada sei sobre ele, e agora é tarde de mais para voltar atrás. Nunca o irei ter, eis a minha sina! Já imaginei tantas vezes aquele momento, aquele beijo, que perdi a conta às lágrimas que por ele chorei. Preciso de um sinal, de algo que me oriente, pois não sei se vale a pena continuar nesta agonia. Sinto-me só sem ele e estranha na sua presença. Não sei o que vou fazer, se calhar o melhor é deixar a vida correr. Mas e se assim o perco de vez? Se for este o momento para dizer algo e eu não o fizer? Se tenta-se pelo menos sabia que tinha feito tudo o que estava ao meu alcance, mas a vergonha de o ter de encarar depois não me deixa avançar. Estou presa a ele e não sei como me libertar. Estou presa a um amor que apenas em mim existiu. Estou presa a mim própria e sinto-me só por isso. Eu já não sou só eu, sou ele também apesar de toda a tristeza e mágoa, de todo o sofrimento. Eu já não sei o que quero fazer. Estou presa a algo que nunca aconteceu...

 

P.S.: Este é um desabafo meu, da madrugada de Sábado , mas só hoje tive tempo para o publicar. Já acontecera umas coisas depois disto, mas não me apetece falar sobre elas agora..

sinto-me: destroçada...
tags:
publicado por Rita Matias às 21:43 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Quinta-feira, 21.06.07

Sinto falta de sentir...

  Sim, sinto falta de sentir aquele nervoso miudinho, que surge quando ele chega. Hoje senti essa falta e não sei o que pensar, o que sentir. Não é que ele me tenha sido indiferente, porque não o foi mas parece que me estou a curar desta doença, e não sei se quero mesmo curar-me, se prefro continuar doente. Tou indecisa, eu sei, e mais parva do que nunca também por gostar anda daquele parvo!

  Também não sei o que me deu para desabafar aqui, mas isso é um pormenor...

sinto-me: indecisa...
tags: ,
publicado por Rita Matias às 20:25 | link do post | comentar | ver comentários (6)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Abril 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

arquivos

subscrever feeds