Well well, there's something in my chest

Poucas vezes me comovo com as notícias. Sou demasiado realista para tal. Penso que temos de nos mentalizar que tudo pode acontecer a todo o momento. Mas, mesmo eu, às vezes quebro.

 

As enxurradas no Brasil têm despertado a minha atenção, e hoje, quando no noticiário das 8 fizeram uma reportagem sobre um grupo voluntário de veterinários e simples pessoas que abrigou e tratou dos cães e animais que também foram afectados, as lágrimas correram.

 

 

 

Simplesmente porque mesmo ao longe, mesmo através da televisão, a dor daqueles animais era mais visível que a de muitos humanos.

 

 

 

 

Como podemos esquecer tantas vezes isso? Como podemos viver tão centrados em nós próprios sem percebermos os milagres da Natureza que nos rodeiam?

 

Como podemos dispensar o amor que aqueles seres têm por nós?

publicado por Rita Matias às 23:09 | link do post | comentar