Amo-te

  Palavra banal???

  Talvez. Mas de certo não o deveria de o ser. Por isso impõe-se a questão, quando dizer "Amo-te"? Será uma questão de idade?

  Para mim, a pessoa deve proferir esta palavrinha quando a sentir. Não quer dizer que necessariamente tenha de existir um relacionamento amoroso, pois para mim existem vários tipos de amor, expressões de diferenças formas. A amizade é uma forma de amor, a família vive-se outra forma de amor. Dizer "Amo-te" é dizer que nutrimos pelo outro(a) o mais nobre dos sentimentos. Sabe bem ouvir, sabe bem dizer...

sinto-me: inspirada pela conversa
tags:
publicado por Rita Matias às 18:05 | link do post