Passou, mas no coração ficou...

  Já voltei há alguns dias mas só agora arranjei vontade e inspiração para vos contar como foi o ACANAC . Numa palavra: INESQUECÍVEL ! Tivemos bons momentos e outros menos bons, mas aqueles que devem perdurar e ficar são os bons, aqueles que tornam uma experiência em algo único, irrepetível e grandioso. Desde a simples insígnia que daqui em diante vou empunhar com orgulho no meu braço direito até às fotos que para sempre ficaram guardadas no meu coração, irei sempre recordar este acampamento por aquilo que ele em mim deixou, uma escuteira de promessa renovada, disposta a encarar o 2º centenário de braços abertos e com BP no pensamento...

  Simplesmente foi único...

 

sinto-me: orgulhosa pelo que sou...
publicado por Rita Matias às 15:11 | link do post