Tic Tac

Passaram dois anos e mal se notou. Aliás, até eu própria me esqueci, só me lembrando passados alguns dias, e só agora marcando a data neste meu canto.

Passaram dois anos e tanto mudou. Mudei eu, mudamos todos, de sítio, de companhias, de hábitos, de rumos. Espero que as mudanças tenham sido para melhor, espero que no fim, o que de bom tínhamos perdure, espero que os anos passem mas a memória não se apague, espero não perder muito com o tempo.

 

Com todos estes pensamentos, a única coisa que sinto é saudades. De tudo e todos, mesmo daqueles que simplesmente não vejo à uma semana e daqueles que não vejo à meses, de todos os momentos e risos, de todas as lágrimas, dos abraços, dos olhares. Porque há alturas em que a confiança chega a níveis em que não é preciso palavras.

 

Assiná-lo aqui uma das coisas que vi reforçada ao longo de todo este tempo: a importância do respeito. E esta resume-se a uma simples constatação: não nenhuma relação se não existir respeito.

Por isso, com esforço tenho tentado respeitar o espaço de cada um, as ideias e os gostos de todos, porque apesar de em muitos aspectos iguais, somos todos, em cada pequeno detalhe da nossa personalidade, diferentes.

publicado por Rita Matias às 14:50 | link do post | comentar