?

  Há sentimentos que doem mais do que feridas, e pensamentos que não saram com suturas. Por isso, fecha os olhos e vive, porque de olhos abertos não sabes qual caminho seguir.

 

 

 

 

  Ás vezes penso se masoquista, ou simplesmente alguém que não tem assim tanta sorte como o resto do mundo pensa. Não bastava a dureza da vida por si só, não bastavam os problemas que uma pessoa consegue resolver, nem os que muitas pessoas não conseguem resolver, nem os que ninguém sabe resolver. Não bastava a saudade nem esta rotina que se instala, não bastavam as horas de autocarro e acordar de "madrugada". Não, pois Deus ou lá o que seja, deve gostar de pregar partidas, de complicar o caminho de modo a ninguém descobrir a saída.

  Talvez seja por isso que não há livro que descreva uma vida, pois são demasiados os pormenores, os tormentos e momentos, as dores e alegrias, que as palavras não chegam. Talvez seja por isso que eu sou uma complicada, porque penso demasiado, e me deixo viver em sonhos.

  E no meio disto tudo, eu sinceramente nem sei o que sinto.

publicado por Rita Matias às 21:15 | link do post | comentar